domingo, 30 de junho de 2013

3° temporada – Capítulo 74 – Faculdade em Stanford.

3 semanas depois.

Nick – O que você tanto faz nesse notebook Demi? – questionou quando Demi colocou o notebook na mesa do refeitório, mastigando um doritos.
Mir – Está procurando uma faculdade.
Demi – Vocês deveriam fazer o mesmo seus vagabundos, ano que vem é faculdade e trabalho.
Tay – É difícil de acreditar.
Demi – Mas acredite.
Nick – Cê vai fazer faculdade de que?
Demi – Engenharia.
Joe – Engenharia?
Demi – Sim. Me interesso por isso.
Sel – Imagino a Demi de engenheira.
Demi – Shiu, você vai fazer o que?
Sel – Com um bebê vai ser difícil, eu não sei ainda. Queria fazer medicina ou algo do tipo, acho que pediatria.
Mir – É uma boa escolha. Eu quero artes.
Demi – Você tem esse dom. – comentou sorrindo. – Nick?
Nick – Eu estou entre jornalismo ou qualquer outra coisa que dê dinheiro.
Demi – Os Jonas são gananciosos mesmo?
Sel – É tipo mau de família tá ligada?
Tay – Já eu não faço ideia do que vou fazer.

O pessoal começou a conversar sobre coisas aleatórias, só Demi estava realmente interessada no papo de faculdade. Era seu futuro e ela corria muito atrás disso.

Mir – se sentou ao lado de Demi e prestou atenção no que Demi fazia no computador. – Demi, essa faculdade é muito cara! – disse baixo só para Demi.
Demi – Eu vou fazer um teste pra ganhar bolsa. Realmente eu não tenho como pagar mas ela é ótima.
Mir – Mas você já pesquisou umas mas baratas né?
Demi – Até publicas aqui perto eu já dei uma olhada.
Mir – Essa aí é onde?
Demi – Stanford, Califórnia. Pelo amor de Deus, não surta e não fala pra ninguém! – pediu baixinho.
Mir – Joseph sabe disso?
Demi – Claro que não!

...

#7:54pm

Sel – Eu não queria falar nada não, mas o aniversário da Demi tá chegando. Assim só pra lembrar. – o grupo todo estava sentado no chão da casa de Joe vendo filmes.
Demi – Lembrete desnecessário.
Miley – Quantos anos?
Demi – 18. Sem festa!

Joe –Chata. – sussurrou no ouvido dela.
Demi – Sou nada.
Joe - Vem cá chatice. - A beijou
Sel - Ow, vai pro quarto casal pegação.
Demi - Selena, não enche!
Sel - Ué... só estou dizendo pra vocês terem mais privacidade...
Demi - Então ok, vem Joe. - Levantou e puxou Joe.
Sel - Ui, estressou.... - Demi não respondeu e foi direto paro o quarto de Joe.

Joe - Que isso Demetria?
Demi - To sem paciência. - Se jogou na cama.
Joe - Vem cá coisa estressada. - Se deitou sobre ela.
Demi - Sai, você é pesado.
Joe - Sou nada...
Demi - É sim, sai Joe!
Joe - Não não. - Encaixou o rosto do pescoço de Demi e o beijou.

Demi - Joe, para.
Joe – Puta merda, tudo isso é TPM?
Demi – Não é TPM droga.
Joe – É sim.
Demi –Não é! - Ela o virou e ficou por cima, sentando em cima dele.
Joe – Tá bom. Então me beija,
Demi - Não agora...
Joe - E depois?
Demi - Quem sabe? - Ele a virou. 
Joe - Como assim quem sabe?
Demi - Quem sabe ué... - O virou novamente e ficou por cima . - A gente vai ficar rodando até quando? Me beija logo. – ele riu.
Joe -  Você quem manda. - A puxou pelo rosto e a beijou, o beijo foi esquentando e ele colocou a mão dentro da blusa dela, até conseguir tira-lá.  

Demi - Joey...
Joe - Shiu.. .

Selena - Sabia que ia ser putaria! - Disse da porta do quarto.

Joe - Como você entrou aqui?
Selena - Eu.. - Demi a interrompeu.
Demi - Sai daqui. - Jogou um travesseiro na cara dela, e ela saiu rindo.
Joe - Foi mal... eu não... 
Demi - Calado Joseph, calado. – Ela saiu de cima dele.

Joe - Ih... estressou...
Demi - Joseph, não me estresse mais que eu parto pra violência.
Joe - Ui...
Demi - Corre.
Joe - Olha só o que você vai fazer Demetria... - Ela foi dar um tapa nele , mas ele a pegou no colo e colocou no ombro e começou a girar com ela.

Demi - ME SOLTA SEU RETARDADO . - Ela disse rindo.
Joe - Agora que não solto mesmo. - Ele gritou mais ele, e ela só gritava.
Selena - Gente que isso, calma, o que vocês estão fazendo?
Demi - Selena manda o Joe me colocar no chão!
Selena - Coloca ela no chão Joe!
Joe - Não...
Selena - Pronto mandei.
Demi - Só isso? 
Selena - Sim senhora, e gritem menos. - Saiu do quarto.

Demi - Eu vou matar a Selena!
Joe - Que menina raivosa.
Demi - Mas antes vou matar você.
Joe - Depois que você sair daqui né...

Demi - Joe, sério me solta ,não estou me sentindo bem assim de ponta cabeça.
Joe - Para de frescura Demi.
Demi - É sério Joe. - Ele a colocou no  chão.

Joe – Isso é TPM ou é gravidez?
Demi – Cala a sua boca Joseph! 
Joe –Não! Vai me dá um beijinho. Sim só!
Demi – Não! – ela correu.
Joe – Sim! – ele correu atrás dela e eles acabaram correndo até a sala.

Miley - Que gritaria é essa?
Nick – Esses gritinhos são da Demi, vai dar merda.
Miley – Sério gente, que isso?

Joe alcançou Demi e a abraçou por trás.

Joe - Eu e a Demi sendo felizes.
Demi - O Joe sendo feliz né!
Joe - Chata... - Sussurrou no ouvido dela.

Sel - Não sei o que é pior, vocês juntos ou separados.
Joe - Juntos ou separados eu continuo podendo beijar ela. - A beijou.

Selena - Ai gente... vamos ver outro filme vai!

Joe – Eu e a Demi fazemos nosso filme!
Demi – riu. – Besta. – o beijou.

Nick - Vamos assistir Homem de ferro.
Miley - Que homem de ferro o que, sem filmes de super herói hoje.
Demi - Já não chega eu que tive que assistir Harry Potter com o Joe.
Joe - Harry Potter não é super herói, e não vamos comparar Harry Potter com nada, porque é muito melhor que o resto...
Mir -  Concordo. 
Joe - Alguém com cérebro nesse lugar, me abraça. - Se abraçaram.
Demi - Agora solta meu homem. 
Mir - Ui. - Se soltaram.

Joe - ele se sentou no chão da sala e puxou Demi para sentar em seu colo.

Demi – Só por isso vamos assistir Crepúsculo!
Joe - NÃAAAAAAAO!
Sel + Nick – Nem vem Demetria!
Demi – Que droga!
Joe – Demi, amor, fica quietinha e vamos escolher um filme que preste.

Sel – Terror!
Demi – Um leve!
Sel – Atividade Paranormal 4!
Demi – Aaah não!
Sel – Coloca aí Nick!

Demi – Segura minha mão Joe? – pediu baixinho.
Joe – Seguro até seus peitos se você quiser. – ela lhe deu um tapa. – Seguro.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Selinhos!

Ganhei selinhos da Nanda Carol e da Lali. Obrigada lindas :)

Esses selinhos tem tag, como eu já respondi, não vou responder de novo. Repasso para TODAS as leitoras que também escrevem :)






quarta-feira, 26 de junho de 2013

3° temporada – Capítulo 73 – Mau comida.

Demi on:

O quão estranho é uma garota pedir um cara em namoro? Quer dizer, não é ele que tem que fazer isso?

“Tá acordado?” – Mandei uma mensagem para Joseph as duas da manhã.
“Sim. E o que você tá fazendo acordada a essa hora moça?”
“Minha cama tá fria, não consigo dormir.”
“Tá fria porque eu não to ai.”
“Você poderia entrar pela minha janela e vir esquentar minha cama...” – Eu to ficando louca? CANCELA, CANCELA. Enviou, fodeu.
“Sério Demi?”
“Sim. Vem, por favor! :(“

Ele não respondeu, cachorro. Preguiçoso do jeito que é deve ter caído no sono.

...

Uns 10 minutos depois Joe apareceu na sacadinha do meu quarto, sorri instantaneamente. Levante-me da cama e abri a portinha de vidro deixando que ele entrasse e o abracei.

Joe – Tá carente Demetria? – perguntou acariciando meus cabelos.
Demi – Uhum. – murmurei baixinho com o rosto enfiado no pescoço dele. – Você vai dormir comigo. – disse fechando a portinha e o guiando até a minha cama o segurando pela mão.
Joe – Gostei de você mandona. – ele se deitou na minha cama e me puxou para deitar-me ao lado dele. Me encolhi em seus braços e fiquei com o rosto na altura do peito dele. – Você não é assim, não gosta de ser assim que eu sei. O que você tem?

Demi – Eu mudei.
Joe – Mentira. – ele disse claro. Eu não ia responder, era mentira mesmo.

Demi of.

Joe – Viu? Você se fechou, ainda não aceita críticas muito bem. Você continua a mesma. Reparei que você ainda estrala os dedos quando tá nervosa. Sua prateleira tá cheia de livros melosos, um tá até marcado na metade olha lá. – riu quando notou que a ex namorada ainda lia romances. – E eu aposto que você ainda tem cóssegas aqui olha... – disse baixinho escorregando os dedos pela barriga dela. – Bem... aqui. – apertou uma região de sua barriga fazendo a garota começar a gargalhar.

Demi – Joe para! – ela se agarrava da camiseta dele recebendo as cóssegas. – Joeeey. – ela se contorceu. – Para, minha barriga vai começar a doer!
Joe – Parei. – ela o olhou. – Viu, cê ainda tem cóssegas na barriga. E eu aposto que ainda tem aqueles pacotinhos de cheirinho na gaveta do criado mudo. – Se esticou na cama para abrir a gaveta.

Ela sabia que gaveta ele estava falando, era melhor ele não abrir.

Demi -  É, eu sou a mesma. Não precisa abrir! – suplicou segurando o braço do garoto.
Joe – O que tem nessa gaveta Demi? – ele a prendeu em um braço e abriu a gaveta. – Calcinhas! – ele já pensava mil saliências com Demi naquelas calcinhas. – Nossa que vermelha delicia, coloca ela ai?! – pediu girando a calcinha em um dedo.
Demi – Chega Joe! – ela a fez soltar e se sentou em cima dele.
Joe – A culpa não é minha, suas calcinhas não ficaram ali! – Demi se ajeitou, colocou uma perna de cada lado de sua cintura.
Demi – É sim, você é incherido demais. – fez biquinho. – Joey, se eu te perguntar uma coisa, ou pedir, sei lá, promete não rir?

Joe – O que Demizinha? – ele se sentou encostado na cabeceira e tirou a camisa.
Demi – Pra que mesmo tirar a camisa? – ela mordeu o lábio.
Joe – Você sabe que eu não gosto de dormir com camisa. Agora pede. – Demi estava vermelha.

Demi – É... eu acho que por você demoraria mais. Então... é...
Joe – Fala logo, você sabe que eu nunca falo não pra você.
Demi – Reconfortante. – ela fez uma careta e suspirou tomando coragem. – Você... quer ver um filme?
Joe – Que? – ele riu. – Demi fala logo!
Demi – Era isso.
Joe – Você me chamou aqui só pra ver um filme?

Demi – Não, eu te chamei porque eu to com frio.
Joe – Eu assisto o filme que quiser se no final da noite você me pedir o que quer.
Demi – Eu vou dormir no meio do filme. Aposta quanto? – perguntou passando as costas da mão no rosto de Joseph.

Joe – 10 pratas. Ou um beijo, se você preferir...
Demi – Eu não quero te beijar.
Joe – Por que não?
Demi – É perigoso.
Joe – Como assim? – perguntou rindo.
Demi – Perigoso. Tipo, eu e você, no meu quarto nos beijando de madrugada. Nós já vivemos isso antes Joseph.
Joe – ele riu. – E você gostava quando a coisa não prestava. Não tem porque não gostar agora. – comentou mordendo o ombro dela.
Demi – Seu pai tá vendo essas zoeiras ai hein. – comentou fazendo-o rir com o rosto encaixado no pescoço dela dando leves beijos – Joe...
Joe – Oi? – ela não respondeu. Qualquer pedido de namoro poderia esperar por esses beijos.
Demi – Eu disse que era perigoso. – ela se agarrou nos cabelos de Joseph e a puxou mais para ela. – Sarou do luto, Joseph?
Joe – A vida segue. Uma moreninha que me disse. – disse apertando a bunda dela e logo depois lhe dando um beijo violento.

Demi – Espera! – pediu se separando e recuperando o fôlego. – Eu faço o que você quiser hoje a noite com UMA condição.
Joe – Olha lá hein...
Demi – Namora comigo?
Joe – Eu não...
Demi – Acredita? – ela riu. – Você demoraria anos pra me pedir que eu sei, apenas adiantei as coisas. E então, namora ou não?
Joe – Hm...
Demi – Fala logo, idiota. – pediu dando um tapa no ombro de Joe.
Joe – Isso foi fofo. – ele ajeitou o cabelo dela. – O que eu quiser, a noite toda?
Demi – Depende... – ela tirou a regata que usava ficando apenas de calcinha e sutiã. – Da sua resposta.
Joe – Quando você ficou safada assim? – perguntou acariciando todo seu tronco.
Demi – Depois da minha primeira transa com você?! Isso é meio obvio não?
Joe – Mas... a dois minutos atrás você não queria falar nada e agora tá tirando a roupa na minha frente?
Demi – semicerrou os olhos – Você provoca né?
Joe – Não poxa, só fiz uma pergunta.
Demi – Sei lá, você me encoraja a fazer umas coisas que qualquer outra pessoa não conseguiria me encorajar. Se fosse o Alex aí no seu lugar eu não tiraria a blusa.
Joe – Você ficou safada sim... – ele riu.
Demi – Culpa sua. Vai Joe, responde!
Joe – Namoro. – deu um selinho nela. – Namoro, namoro, namoro. – a cada vez que dizia dava um selinho nela. – Tem camisinha aqui né?
Demi – Não, namorado. Não tem.
Joe - Como não?
Demi - Não tendo.
Joe - Vish...
Demi - Vish?

Joe - É, vamos assistir filme.
Demi - Tá de brincadeira com a minha cara né?
Joe - O que você sugere?
Demi - Eu sugiro que ... que... a gente fique aqui.
Joe - Fazendo?
Demi - Er...
Joe - Eu e você aqui em um quarto de madrugada, sem nada pra fazer? Isso não vai dar certo...
Demi - Liga a TV então, assim eu já durmo na cama e não tenho que andar depois.
Joe - Mas que preguiçosa essa minha namorada.
Demi - Como se você  não soubesse.
Joe - Claro que eu sei.
Demi - Melhor eu colocar roupa...
Joe - Acho desnecessário.

Demi - Desculpa, mas não quero ficar grávida igual a Selena...
Joe – Ela tá grávida?
Demi – Você não sabia? Ela tá!
Joe - Enfim... mas pode ter certeza que eu seria um ótimo pai.
Demi - Hum... acho que sim.
Joe - Acha?
Demi - Sim.
Joe - Já pensou, uma criancinha correndo pela casa com a sua carinha? A vida tava feita!
Demi - Ah para... – corou.
Joe - Paro não. - A beijou, a deitou e ficou sobre ela.

Demi - Que filme vamos assistir senhor Joseph?
Joe - Não sei senhora Demetria...
Demi – Senhorita!
Joe - Vamos assistir Harry Potter, senhorita?!
Demi - O que? Não. Tá louco?
Joe - Louco por que?
Demi - Tem umas 3 horas de filme!
Joe - Depende qual for...
Demi - Então coloca o mais curto... também tanto faz, vou dormir mesmo. Agora sai de cima quero por roupa.
Joe – Não.
Demi - Não o que?
Joe - Não vou sair de cima de você.
Demi - Para de frescura Joseph.
Joe - Não é frescura, só quero ficar aqui mais um tempinho.
Demi - Fazendo?
Joe - O que eu quiser. - Encaixou o rosto no pescoço dela dando leves beijos.
Demi - Joeey...

Joe - Vou por o filme. - Riu e lhe deu um selinho . Demi colocou roupa e ele o filme.E eles se deitaram.

Demi - Agora me abraça que tá frio.
Joe - Mas é muita folga...
Demi - Não quer me abraçar então?
Joe - Mas é claro que eu quero. - a abraçou por trás.
Demi – Ei, se perguntarem foi você que me pediu em namoro ok?
Joe – Por que?
Demi – Porque sim ué.
Joe – Tá bom. – o filme começou e em 15 minutos Demi dormiu.

No outro dia de manha... (Sábado)

Joe – Bom dia Logan, bom dia sogrinha! – eu um beijo em Dianna que preparava achocolatado.
Logan – So... da onde você saiu Joseph?
Joe – Do quarto da sua irmã.
Dianna – Pera, sogrinha? Finalmente! Você chegou aqui que horas?
Joe – Umas 3 da manhã eu acho.
Loagn– Pela janela do quarto da Demi?
Joe – Mais ou menos isso.

Demi – Bom dia! – chegou na cozinha e colocou um pedacinho de pão na boca.

Logan – Vocês transaram né? Demi acordar assim as oito da manhã num sábado é...
Demi – LOGAN.
Logan – A culpa não é minha se você é mau comida, e também só não devem ter tranzado por falta de camisinha.
Demi – Escuta aqui Logan, se eu sou mau comida por que semana passada a Melanie me falou que ela tava na seca?
Logan – Por...
Demi – Demetria 1, Logan 0.
Logan – Isso não é da sua conta!
Demi – Posso até ser mau comida mas pelo menos eu sou comida.

Dianna – CHEGA!


Marquem oi eu li e comentem!

sexta-feira, 21 de junho de 2013

3° temporada – Capítulo 72 – Eu não pedi pra engravidar poxa.

Demi chegou em casa o mais rápido que pôde.

Demi – Mãe, se a Selena aparecer aqui fala que eu fui pro Canadá!
Maddie – O que aconteceu?
Demi – Logo eu conto. Pera, cadê a mãe?
Maddie – Na cozinha. – respondeu recebendo um beijo da irmã. – Eu levo sua bolsa pro quarto. – disse saindo do sofá e tirando a bolsa de Demi.
Demi – Mãaaaae? – girtou entrando na cozinha. – Oi. – disse se encostando no batente da porta e ficando na ponta dos pés. – Porque me chamou pra vir pra casa?
Dianna – Demi, seu pai...
Demi – Eu não tenho pai!
Dianna – Patrick... eu vi ele andando pela cidade.
Demi – Hã? Como assim mãe?
Dianna – Ele tava passando pela rua com umas loginhas de R$1,99 e essas coisas.
Demi – Ele... comprou alguma coisa? – Porque eu estou me interessando? _ pensou.
Dianna – Eu não vi.
Demi – Danse-se ele também. Ah, você não sabe, tia Mandy tpa grávida.
Dianna – GRAVIDA? COMO ASSIM?
Demi – Grávida! Ela ainda tá com o delegado da cidade não é?
Dianna – Sim.
Demi – Eu nunca vi aquele cara, enfim... – riu. – Eu vou tomar banho.

...

Demi estava enrolada numa toalha branca e com os cabelos pingando no carpete do quarto. Alguém bateu na porta.

Demi – Droga. – disse baixo. – Quem é?
XxXx – A irmã mais nova mais linda do mundo.
Demi – riu. – Entra Mad. – destrancou a porta e deixou que Demi entrasse. – O que quer?
Maddie – Nada ué, só ficar com a minha irmã!
Demi – Não é só isso não. – questionou enquanto colocava um pijama.

Maddie – É...
Demi – Fala logo? – se jogou na cama e cruzou as pernas como índio na frente da irmã mais nova. – Isso vai ser longo né? Vou fazer pipoca pra gente.

Maddie – Eu não quero.
Demi – Gente como não?
Maddie – Não quero...
Demi – Ok, então fala.

Maddie – Com quantos anos você...
Demi – Menstruei? MEU DEUS VOCÊ FICOU MOCINHA?
Maddie – DEMETRIA NÃO!
Demi – Mas você...
Maddie – Você não me deixa terminar de falar!
Demi – Então com quantos anos eu comecei a namorar?
Maddie – Eu desisto Demi.

A campainha tocou.

XxXx – DIANNA EU MATO SUA FILHA! – ouviram do andar de baixo.
Maddie – Agora a Selena chegou. Demi você fala demais cara.
Demi – Aw, o Joe falava isso... _ pensou.

Dianna – DEMI, DESCE AQUI! – gritou da sala.
Demi – Cê vem?
Maddie – Não.

...

Demi – QUE FOI SELENA? – perguntou descendo as escadas. – Você não pode se estressar.
Sel – EU VOU TE MATAR SUA INFELIZ! “mãe já sabe que vem mais duas, quer dizer uma...”. Caramba eu não ia contar pra ela!

Dianna – Espera, contar o que pra quem?
Demi – A Selena tá grávida mãe!

Sel – Não era pra você me fazer contar pra ela, eu ia contar! – disse começando a chorar.
Demi – Você só contou pro Justin porque eu te pedi!
Sel – E eu ia me virar com o Justin!

Dianna – Selena senta. – puxou Selena para o sofá e se sentou ao lado dela. – O que sua mãe disse?
Sel – Me deu um sermão enorme. Eu também não pedi pra engravidar poxa. – escondeu o rosto nas mãos.
Dianna – Tenha esse bebê Selena.
Sel – Não tenho outra opção. Eu não aguento minha mãe chateada comigo.
Dianna – Acredite em mim, logo isso passa. Sua mãe é a pessoa mais amarosa desse mundo, ela vai entender. Mas se fosse a Demi eu matava. – sorriu.
Demi – Mãe, não tá ajudando.

Selena secou o rosto.

Demi – Desculpa amiga, eu tive que falar.
Sel – Tá tudo bem. Desculpa ter surtado.

Demi – Amiga é pra isso né... – comentou recebendo um abraço da amiga.


Comentem e marquem oi eu li.
Dica: se preparem psicologicamente para o próximo capítulo

segunda-feira, 17 de junho de 2013

3° temporada – Capítulo 71 – Bebês.

2 semandas depois.

Sel – Demi? Demi acorda! – Selena sacodia a amiga deitada na carteira. – O professor vai entregar as notas das provas. Se ele te chamar e te ver dormindo ele te tira pontos!

Demi – bocejou. – Obrigada. eu dormi mesmo?
Mir – Desde o começo da aula.
Demi – jogou o cabelo para trás e ajeitou os óculos no rosto. – Droga.
Sel – Tá tudo bem Demi? Nunca dorme na aula.
Demi – Só to cansada.

E a garota começou a viajar em seus pensamentos relendo as mensagens trocadas com Joe a noite toda.

Prof. – Demetria, guarda o celular!
Demi – Desculpa!
Prof. – Sua prova, esperava mais de você Demetria. – entregou a prova a ela.
Demi – Seis? Odeio sociologia.

Sel – E quem não odeia sociologia?
Mir – Tá, mas ela é a Demi, ela nunca tira nota baixa. Tipo, em nada!
Demi – Tem problema não. Eu to distraída. – baixou a cabeça na mesa. – Me deixa dormir agora.
Sel – Demi, não! – disse sacodindo a amiga.

O sinal bateu. Demi quardou rápido os materiais e foi correndo para seu armário, jogou uns livros lá dentro e foi para o telhado.

Demi – AAAH EU QUERO SUMIR. – girotu sozinha sentada no chão e encostando a cabeça em uma parede.
XxXx – Não, não me deixa sozinho.

Demi – Porra, que susto Joseph!
Joe – Desculpa. Porque quer sumir? – perguntou sentando-se do lado dela.
Demi – To com a cabeça cheia.
Joe – Eu to te enchendo?
Demi – Claro que não. – claro que sim, Joe estava carente, com saudade do pai. Só lhe tinha restado Demetria. Não que ela esteja cansada dele, ela só queria ficar sozinha um tempo. – Joe, você não pode viver nessa nostalgia pra sempre.
Joe – Experimenta perder o pai.
Demi – Eu perdi meu pai e meu padrasto sem petade da maturidade que você tem! – disse sem pensar. – Desculpa.
Joe – Cada um tem o seu tempo Demi.
Demi – Eu sei! Já pedi desculpas.

Joseph estava triste, muito triste desde que seu pai faleceu. Demi não facilitava em nada. As vezes ele só a queria perto dela, ele precisava dela. Precisava do carinho que ela lhe dava, da importância que ela lhe dava...
Não são só as garotas que sofrem e que ficam tristes, garotos também. Demi já sofrera tanto que achava que só ela se magoava. Mas não era bem assim.
Ficaram minutos em silencio, apenas esperando o sinal tocar. Viviam reclamando que o intervalo era muito curto, agora durou a eternidade...

...

3:30pm

Demi on:
Cansada. Exausta. É assim que eu me sinto. Não aguento mais. Dia e noite aguentando Joseph todo quietinho e quando começa a falar não para mais, coisas meio nostálgicas sei lá.

Sel – DEMETRIA? TÁ OUVINDO O QUE TÁ FALANDO?
Demi – O que?
Sel – “Não aguento mais. Dia e noite aguentando Joseph.”
Demi – Mas como...

Sel – Você falou alto! Sorte sua estar só eu aqui. Não é por nada não, mas você já pegou noites inteiras falando dos seus problemas com o meu primo e ele nunca deixou de estar ali sorrindo do seu lado no dia seguinte. Caraça o guri faz de tripas coração por você e quando ele precisa de você é assim que tu pensa? Não é só você que tem problemas não. Você fazia igualzinho o que Joe esta fazendo agora. quietinha o diiia todo, mas quando começava a falar dos problemas não parava não.

Demi – Eu era tão chata assim?
Sel – Você não era chata, só uma pessoa magoada que necessitava sentir que alguém gostava de você. Joe tá precisando da mesma coisa agora.

Demi of.

Demi – Ah, como eu sou idiota.
Sel – E é mesmo.

Mandy – Selenaaaaaaaaaaaa.
Sel – QUIÉ MÃE? – gritou irritada
Mandy – VEM AQUI.
Sel – Af, já volto Demi. – disse jogando uns livros que estavam em seu colo no chão.
Demi – Tadinhos dos livros.
Sel – Bleeeehhhh.

...

Demi – foi falando rápido enquanto descia as escadas. – Selena eu...

Sel – AAAAAAAAAAAAAAA MÃE EU NÃO ACREDITO.
Demi – Gente, que foi?
Sel – EU VOU TER UMA IRMÃZINHA.
Mandy – Ou irmão!
Sel – Não estraga a magia mãe!

Demi – PARABÉNS TIA! Bebês são lindos né? Converse sobre isso com a sua mãe, Sel.

Mandy – O que?
Sel – Nada não mãe, até ela se confunde com o que fala.

Demi – Não não, eu REALMENTE acho que você deveria falar com sua mãe sobre bebês, quer dizer, daqui nove meses vocês vão precisar de ajuda pra cuidar.

Mandy – Porque nós duas?
Sel – Porque... é... porque eu vou ser uma ótima irmã mais velha e vou cuidar muito bem da minha irmãzinha e provavelmente vou me cansar e tal. Foi isso que a Demi quis dizer!

Demi – Na verdade...
Sel – Demetria, vamos voltar a estudar?
Demi – Eu não preciso, eu sei a matéria. Só to aqui por sua causa. Minha mãe ligou e pediu pra eu ir pra casa.
Sel – ISSO, VAZA!

Demi – Grossa. Minha mãe já sabe que vem mais duas, quer dizer uma... – Selena matava Demi com o olhar. – Que vai vir mais uma Gomez?

Mandy – Ainda não. Ela vai surtar!
Demi – Vai mesmo. Posso contar?
Mandy – Claro.
Sel – É, vai contar a novidade pra sua mãe Demi. – mandou empurrando Demi até ela.
Demi – Claro, conta a sua novidade pra sua mãe também! Tchau tia, conversem sobre bebês! – Demi foi chutada para fora.

Mandy – Me explica isso Selena... – mandou cruzando os braços.

Sel – sorriu amarelo. – Então...


Comentem e marquem oi eu li!

quarta-feira, 12 de junho de 2013

3° temporada – Capítulo 70 – Ela me esnoba.

No dia seguinte...

Demi dormia torta sentada na cama de Joe apoiada em um travesseiro. Joe dormia pesadamente nas pernas de Demi, ele queria morrer também.

10:04am

Demi on:
Finalmente consegui sair dos braços de Joe. Minha cabeça e minhas costas estouravam de dor.
A casa estava silenciosa, Nick dormia em seu quarto e Kevin no quarto de Frankie junto com ele, não queria deixar o irmão mais novo sozinho. No andar de baixo Maddie dormia no sofá e minha mãe estava tomando alguma coisa na cozinha. Não me atrevo a imaginar onde Denise estaria agora, aquelas lágrimas falsas ao receber a noticia da morte de Paul foi o suficiente para eu pegar um ódio mortal daquela mulher.

Demi – Bom dia mãe. – cumprimentei entrando na cozinha e a abraçando.
Dianna – Bom dia. Como estão os meninos?
Demi – Todos dormem. Eu to morrendo de dor nas costas.
Dianna – Eu vi como você estava. E o Joe?
Demi – Ouvi ele chorar a noite toda, mas ele não sabe que eu ouvi. – suspirei. – Mãe, agora que Paul morreu, a guarda do Frankie volta para a Denise?

Dianna – Eu não sei como isso funciona mas eu acredito que sim.
Demi – Coitado... e cadê a Denise?
Dianna – Eu não faço ideia, ela nem esteve com os filhos no enterro.
Demi – Achei que ela tinha ido...
Dianna – E ela foi e depois sumiu.
Demi – Deve estar com aquele amante dela.
Dianna – Ela ainda vê aquele cara?
Demi – Eu não duvido.

Nick – Bom dia. – disse abraçando Demi por trás.
Demi – Oi...
Dianna – Bom dia.

Nick suspirou com o rosto no pescoço de Demi.

Demi – Tá bem?
Nick – Tá sim. – respondeu rouco. – Cadê minha mãe?
Demi – É...
Dianna – Deve ter ido comprar alguma coisa, eu cheguei agora pouco. – respondeu nervosa.
Demi – Eu vou ver como Joe está.
Nick – Acho que a Maddie tá lá com ele, ouvi ele falando só não vi com quem. – Demi deu um beijo na bochecha dele e subiu.

...

Demi – Bom dia vocês dois. – disse dando um beijo no rosto da irmã e depois um beijo na testa de Joe que ainda estava deitado.

Maddie – Fica bem JJ. – pediu carinhosa e saiu do quarto.

Joe – Oi Dem. Te fiz dormir toda torta né?
Demi – Tá tudo bem. – sorriu e se sentou na cama. Tirou os chinelos e colocou as pernas sobre a cama para Joe se deitar nelas.- Dormiu bem?
Joe – Só porque você estava aqui. – ele coçou os olhos e se sentou na cama. – Você tinha razão em tudo que me disse ontem.
Demi – Como assim?

Joe – A garota me esnoba demais. Talvez seja melhor eu desistir dela. – Demi gelou. Arregalou os olhos e sentiu sua garganta dar um nó. Burra.
Demi – Eu... – ela baixou a cabeça e segurou as lágrimas. A firmeza na voz dele a fez ter certeza de que ele falava sério.

Joe – Mas sabe, eu gosto de ser esnobado. – levantou a cabeça da garota e a beijou, de novo, como se todo o ar dele estivesse nos lábios dela.


Esse capítulo ficou menor do que eu pensava. Gente, desculpem-me! 

Divulgando:

Mudei o twitter, agora é @nightinggales

Marquem oi eu li e comentem.
xoxo

terça-feira, 11 de junho de 2013

Selinhos!

AAA que saudade que eu tava de receber selinhos :3
Recebi da Diley Don't Live a Lie e da Lala.

Esse selinho é com tag e cada uma delas fez 11 perguntas. Eu vou responder as 22 perguntas, não precisam ler mas é bom pra quem quer me conhecer melhor, ou sei lá.


Como Funciona:


- Escrever 11 coisas sobre seu próprio blog.
- Responder a 11 perguntas feitas pelo blog que o indicou.
- Indicar 11 blogs com menos de 200 seguidores.
- Fazer 11 perguntas para quem indicaremos.

11 coisas sobre o blog:

1. Quando eu comecei a escrever nem se passou pela minha cabeça começar a postar isso em algum lugar. Era uma coisa mais pra mim e eu morria de medo de receber críticas.
2. Minha primeira fanfic foi baseada na primeira fanfic que eu li. Ela era um lixo.
3. Acho que desde a minha primeira fic eu acho que todas saíram um lixo. TODAS.
4. Eu mesma que faço essas barrinhas de "final de capítulo". Eu só faço elas quando to travada ou quando não tem mais NADA pra fazer. Faze-las as vezes me dá ideias pra fic. É estranho...
5. Minha mãe sabe que eu tenho o blog e sabe que eu escrevo algumas putarias aqui. Fiquei com medo que ela achasse os capítulos no computador que coloquei senha nele e não faço divulgação no facebook.
6. É meio estranho escrever Jemi porque teve uma época que eu era team Jemi de corpo e alma, ultimamente eu to shippando Dilmer mais que a vida (não me julguem), mas eu só leio fic Jemi e só escrevo isso também.
7. Eu já tentei mexer com html pro designe do blog ficar mais bonitinho mas eu não nasci pra isso.
8. Eu tento pegar o máximo de influencia possível de outras fics pra me inspirar e mudar a forma de escrita.
9. Quando eu vou mexer com o designe desse blog eu fico um tempão tentando deixar perfeito. Nunca consigo.
10. Eu chorei quando cheguei aos 20 seguidores aqui, sério.
11. Sempre quis que o blog ganhasse um daqueles awards de fanfics e tudo mais.

Responder 11 perguntas:
Perguntas da Lalah:

1-O que te inspira para escrever?
De tudo um pouco. Um livro que leio, algo que vi no tumblr, outras fics, filmes...

2-Ja pensou em desistir de escrever?
Desistir de vez? Sim.

3-Tem algum blog que você odeia?
Que eu odeie não, mas... sei lá tem umas fics que chega a dar vergonha.

4- É team...?
Darissa, Diley, Jemi e Dilmer. Acho que só.

5-O que te inspira, livros, filmes?
Resposta na 1 '-'

6-Algum blog que você não consegue ficar um dia sem ler?
Geeeente as fics da Flávia são boas por demaaaais. O problema é que ela demora muito pra postar mas eu sou apaixonada.

7-Prefere escrever ou ler as fics?
Ler.

8-Se lembra qual foi a primeira fic que você escreveu?
Sim. Foi uma bosta.

9-Gosta do que escreve?
É muito raro eu gostar de algo que escrevo.

10-Seu blog é somente seu ou tem mais donas?
Só meu mas eu sempre peço ajuda para as minhas amigas e tal.

11-Nada a ver com blogs...tem twitter? fc ou pessoal.

Perguntas da Diley.......

1º O que te deixa mais ansiosa: o final da história ou a solução dos conflitos entre os personagens? 
A solução. Principalmente entre o casal principal.

2º Você prefere escrever romances ou historias mais animadas? 
Eu aaaamo romance porém os meus são muito melosos, acho que consigo ser mais engraçada nas partes animadas da coisa.

3º Você se lembra da primeira fic que leu? O que você achou dela?
Eu achava um lixo mas não conseguia parar de ler. Achei ela de madrugada e virei a noite lendo.

4º Já se assustou com alguma coisa que leu? O que foi? 
As vezes (sempre) que um personagem faz merda e alguém descobre eu começo a rir descontroladamente e com medo de ler. Eu fico tipo "Meu Deus, vai dar merda, não quero nem ler!" e rio...

5º O que é mais importante para você numa fanfic?
A história.

6º Prefere escrever pelo dia ou à noite? 
Tanto faz, mas eu prefiro escrever quando estou sozinha.

7º Você consegue expor suas ideias da forma que deseja? 
Nem sempre.

8º O design do blog te influencia na leitura? 
Depende do leitor.

9º Obviamente, você é influenciada por outras fanfics, no que mais elas te influenciam? 
No jeito de escrever. Muitas vezes até o designe ou na forma de lhe dar com as leitoras.

10º Pretende continuar escrevendo até que ponto? 
Até quando eu tiver saco pra isso.

11º Você se sente obrigada a postar? Ou prefere esperar pelo seu tempo? 
Essa obrigação me persegue.

Indicar 11 blogs com menos de 200 seguidores.
Não leio nenhum blog com menos de 200, então não sei...

11 perguntas para quem indicou: TODAS AS LEITORAS QUE ESCREVEM PODEM PEGAR!

1- Escreve porque quer ou por medo das leitoras dicarem chateadas caso pare?
2- O que faz quando recebe um comentário negativo?
3- Escreve um pouco todos os dias?
4- O que faz quando está sem ideias?
5- Qual sua fanfic predileta?
6- Prefere ler ou escrever?
7- Um livro/filme que te inspirou muito?
8- Quantas fanfics você está escrevendo no momento?
9- Deixa que musicas influenciem seu blog?
10- O que te inspira?
11- Por que começou a escrever?

xoxo

quinta-feira, 6 de junho de 2013

3° temporada – Capítulo 69 – Shhhh...

“Eu vivi o bastante para fazer meus filhos felizes, morrerei em paz. Cuide bem de Joseph por mim, ele precisará de você.” – Um pai dedicado, minutos antes de sua morte.

Maddie – Vocês vão demorar no enterro mãe? Eu quero ir pra casa.
Dianna – Talvez um pouco, anjo. A Demi vai ficar aqui com você e o Frankie.
Maddie – Cadê o Joe?
Logan – Ele tá triste como todo mundo, Maddie, deve estar dormindo agora. Porque não ficar com o Frankie? Ele tá ali tão tristinho.
Maddie – Eu vou lá.

...

Kevin – Não vai ao velório, cara? – perguntou entrando no quarto do irmão.
Joe – Vaza Kevin. – retrucou grosseiramente.
Kevin – Papai ia ficar chateado se não aparecesse no enterro dele.
Joe – Ele entenderia.
Nick – A Demi tá lá em baixo com a Maddie e o Frankie, ela também não vai. Mais tarde ela vem aqui ficar com você, só não esquece que ela não merece patadas de graça.

Joe on:
Era a pessoa mais importante pra mim, meu pai, não merecia morrer tão cedo.
Vivia tão bem e do nada morre, injusto. E os filhos de uma mãe dos médicos não sabiam dizer a causa da morte.
Tantos planos, o divorcio, a ganha da guarda do Frankie e uma mulher incrível esperando por ele em Los Angeles. Um fim tão injusto.
Joe of.

...

Chovia forte naquela cidadezinha do interior do Texas, as crianças dormiam no sofá e Demi se culpava pela morte de Paul. Ninguém merecia sentir o que sentiam naquele momento, mas era inevitável.

Demi on:
Era horrível a imagem que me vinha a cabeça todo momento de Paul morrendo. E o que ele me disse instantes antes de vir a falescer, fiquei no chão.
Eu vou cumprir o que ele me prometeu, estarei com Joseph mesmo que o orgulho dele não queira.
Entrei em silêncio no quarto de Joe e fechei a porta atrás de mim. Ele estava deitado de costas para a porta.
Demi – Joe? – ele não respondeu. Ele dormia.
Demi of.

Demi foi até a cama de Joe e se sentou na frente dele, acariciou seus cabelos e ficou observando-o dormir.
“Vai ficar tudo bem, eu to aqui...” Joe ouvia Demi sussurrar.

Joe – Eu sei que está... – respondeu rouco tentando abrir os olhos.
Demi – Shhhh... – colocou a cabeça de Joe em suas pernas e o cobriu.
Joe – Não vai embora não. – pediu se agarrando mais nas pernas de Demi.
Demi – Eu não vou. – surrusou dando um beijo na cabeça de Joe. – Não vou.
Joe – Ele não merecia Demi.
Demi – Ninguém merece Joe, mas sempre chega a hora.

Joe – Não era a hora dele. – disse deixando as primeiras lágrimas de tristesa correrem pelo seu rosto depois da morte de seu pai.

Demi – A gente nunca sabe a hora certa. – Joe não respondeu. – Joe, ele se foi. Mas pode ter certeza que ele se foi com o peito cheio de orgulho de você. – Joe olhou para Demi e deixou que ela falasse. – Eu conhecia pouco seu pai, mas eu via que ele tinha muito orgulho de você. Você voltou pra esse fim de mundo pra ficar com a garota que ama, mesmo ela te esnobando e te ignorando você não desiste. Isso deixaria qualquer pai orgulhoso Joe.
Joe – Acha?
Demi – Eu tenho certeza. Ele tem orgulho e eu também tenho.

Permaneceram em silencio por um tempo até Demi o quebrou.



I’m coming home
I’m coming home
Tell to world that I’m coming home
Let the rain, wash away
All the pain of yesterday
I know my kingdom awaits
And they’ve forgiven my mistakes
I’m coming home
I’m coming home
Tell to world that I’m coming…


Demi – Você voltou pra mim e o anjo do seu pai voltou pro céu.


Marquem oi eu li ai e comentem.