segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Capítulo 5.

XxXx – É TOTALMENTE INACEITÁVEL QUE UMA GAROTA DE 17 ANOS REINE UM PAÍS SOZINHA, DIANNA!
Dianna – Pelo amor de Deus, Peeter! Demetria é forte e sabe comandar.
Peeter – Ela tem que se casar! Patrick sempre dizia isso. Sua filha tinha que sem muito bem casada para reinar.
Dianna – ISSO NÃO VEM AO CASO. PATRICK ESTÁ MORTO!
Peeter – Eu não vou deixar que isso aconteça! Não vou deixar que acabe com a parceria que Genova e Costa Luna sempre tiveram.
Dianna – Problema seu! Agora tire seu cavalos do meu jardim antes que as crianças se assustem.
Peeter – Ainda chama sua filha de criança? Acabou de confessar que Demetria não é capaz de reinar sem um homem o seu lado. Eu me casarei com ela!
Dianna – ESTÁ LOUCO? ELA SÓ TEM 17 ANOS E VOCÊ UNS 50!
Peeter – Demetria não vai reinar sozinha! HOMENS, ACHEM DEMETRIA E TRAGAM-A ATÉ AQUI.
Dianna – O QUE VAI FAZER? – alguns homens a seguraram. – O QUE SIGNIFICA ISSO? ME SOLTEM!
Peeter – Vou te dar uma ajudinha Dianna. Ficarão presos até que Demetria se case, comigo é claro. Eu vou reinar isso aqui agora.

Joseph e o chefe dos seguranças (James) ouviram a briga. Deveria tirar Demetria e Thomas dali o mais rápido possível.

James – Leve Demetria e Thomas para aquela casa no meio da floresta.
Joseph – Acha mesmo que a Princesa vai aceitar ficar lá?
James – Patrick fez aquilo para emergência. Agora corra.

...

Miley – JOSEPH!
Joseph – Agora é sério. – ouviram Anna gritando “ME SOLTEM” do lado de fora. - Miley, fuja! Saia do castelo e não deixe que te peguem. Se pudesse juro que faria mais por você.
Demi – O que está acontecendo?
Joseph – Por favor Miley, faça isso.

Miley abraçou Demi e saiu por uma das portas secretas escondidas no quarto de Demi.

Joseph – Demetria, hora de usar essa cara brava pra alguma coisa. – ele pegou Thomas no colo.
Demi – Vamos fugir por quê? Pra onde? E minha mãe? – ela perguntava segurando o choro.
Joseph – Veja, vai ficar tudo bem. Confie em mim.
Demi – Claro que confio. – disse com um tom sarcástico na voz.
Joseph – Vai ficar me dando patada ou quer ficar aqui presa e ser obrigada a casar com um cara de 50 anos?
Demi – Para onde vamos?
Joseph – Você vai ver. Vamos fazer o seguinte.

Peeter – OU A PRINCESA APARECE OU A RAINHA SOFRE. – ouviram um grito vindo de perto.
Demi – NÃO!

Joseph – colocou a mão na boca de Demetria. – VOCÊ É RETARDADA? CALA A BOCA GAROTA. Sua mãe vai ficar bem! Não dá pra pensar muito agora, mas corre!
Joseph empurrou Demetria para a saída secreta escondida no quarto de Demi e correram pelos fundos do castelo. A cena era forte, parecia filme. O pior aconteceria se Joseph não estivesse armado.

...

Demi – Joseph, não aguento mais andar! – reclamou tirando os saltos e andando descalça.
Joseph – Vai ficar toda suja...
Demi – Não importa. E pra que mesmo estamos no meio do mato?
Joseph – Bom... seu pai quando soube que tava pra morrer, sabia que ia sobrar pra você e que o tal Peeter de Costa Luna ia te forçar a casar-se com ele. Então seu pai mandou construir uma casinha no meio da floresta atrás do castelo onde você vai ficar escondida. Quer dizer, você, Thomas e eu.
Demi – Por quanto tempo?
Joseph – Até desistirem de te procurar ou até plantarem no palácio que você... – olhou para Thomas em seu colo, ele dormia. – está morta.

Demi – Como tem certeza de que é seguro aqui, Joseph?
Joseph – Eu não tenho. Mas é o único ligar que podemos te esconder agora.
Demi – E a Miley?
Joseph – Ela vai ficar bem.
Demi – Como sabe?
Joseph – Acredita em mim, Demetria.
Demi – Acredito se começar a me chamar de Demi.
Joseph – Demi...
Demi – Tive mortes?
Joseph – Provavelmente. Veja, é ali.
Demi – Que coisa pequena...
Joseph – É um esconderijo Demetria, se fosse grande chamaria muito a atenção.

Chegaram mais perto da casa e Joseph a abriu.

Demi – AAAAAAAAAAA!
Joseph – Que foi?
Demi – Eu não sei se choro porque tem um bicho ali ou porque entrou um caco de vidro no meu pé!

Na visão de Demetria a casa era minúscula, mas para qualquer morador de Genova aquilo era uma mansão. Tinha apenas um quarto com uma televisão pequena e uma cama, cozinha e banheiro. Estava bem abastecida com alimento, água e qualquer tipo de curativo ou remédio para caso de emergência.
Joseph colocou Thomas na cama e logo em seguida ele acordou. Carregou Demetria no colo e fez um curativo em seu pé.

Demi – Obrigada. Agora tira aquele bicho da parede?
Joseph – Isso aqui é uma lagartixa. Você vai ver muitas por aqui.
Demi – Eca eca eca tira! – Thomas riu. – Não tem graça.
Thomas – Onde a gente tá?
Joseph – Em uma casinha no meio d... – Demetria fez um sinal de “não fala”. – Vamos ficar aqui por um tempo... você foi muito corajoso, garoto. Foi mais que sua irmã de dezessete anos!
Demi – Não começa, Joseph!

Joseph – Se você me chamar de Joe eu não começo.


Comentem e marquem "oi eu li"
xo

7 comentários:

  1. Oiiii sua linda <3 <3 <3
    Que perfeito,meu deus....
    To vendo que ainda tem mais briga entre os dois pela frente
    Amo a briga deles kkkkkkk
    Posta logo
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Adoreii o Capitulo!!! =)
    Poste logo!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. amei o capitulo, posta logo o proximo, pleeease, beijos

    ResponderExcluir
  4. quero kiss jemi logo sera possivel? POSTA LOGO EMILIAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  5. Hein vc podia me ajudar com o meu blog?
    E se você ofendi com aquela postagem, desculpa, mas não era a minha intenção.
    Eu perdi muitos seguidores e quero eles de volta.
    me ajuda?
    http://amorquematajemi.blogspot.com.br/
    http://tudoqueeumaisqueroevoce.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ai,que tudo!Teu blog é muito fofo e a história também!
    sou a Dani do http://jemifacingobstacles.blogspot.com

    ResponderExcluir