sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Capítulo 34 – Denise.


Demi – Já comentei que odeio hospitais? – disse entrelaçando seus dedos com o de Selena.
Sel – Cala a boca menina. Fala direito o que aconteceu Nicholas!

Nick – De novo... Eu e Joe fomos comprar remédios pra vovó que estava com tosse, ele não queria entrar na farmácia então eu fui e ele ficou me esperando do lado de fora. Nisso eu vi ele e o Trace conversando, discutindo, sei lá... quando eu saí de lá Trace empurrou ele pra rua e... – suspirou. – O caminhão veio.

Demi – Não! – disse abraçando Selena e escondendo o rosto na curva de seu pescoço, chorando em silencio.

Sel – Ele vai ficar bem Demi... Shh...
Nick – Mãe, como ele está?
Denise – Acabei de falar com o médico e...

Dr. Miguel – Atrapalho? – disse chegando perto deles.
Denise – Nada... – Demi levantou a cabeça e secou as poucas lágrimas em seu rosto.
Demi – Está tudo bem com ele?
Dr. Miguel – Está sim. Ele só levou alguns pontos no ombro direito e está com feridas no rosto e nos braços.
Nick – Mas ele ficou desacordado até a ambulância chegar...
Dr. Miguel – Foi por conta da pancada, talvez quando ele acorde fique com dores de cabeça mas está fora de risco.
Sel – Como ele está agora?
Dr. Miguel – Está dormindo, melhor deixa-lo por aqui essa noite e amanhã a tarde tem alta.
Sel – Então não teve nada muito grave?
Dr. Miguel – Não! – Demi suspira aliviada.

Demi – Posso vê-lo?
Dr. Miguel – Claro, ele está no fim do corredor, quarto 1123 (radiate love, pqp)
Demi – Ok, obrigada. – foi em direção ao quarto.
Dr. Miguel – Com licença... – disse se afastando.

Denise – Conseguiram pegar a placa do caminhão? É perigoso se o motorista fugiu sem prestar socorros.
Nick – Tentei ver a placa, mas ajudava se tivesse destampada.

Demi on:
Eu me sinto não culpada... EU SOU CULPADA! Joe com certeza foi conversar com ele antes disso e foi reclamar de algo que ele tinha feito pra mim. Mesmo que não seja por isso que eu estou pensando, se eu e Joe não tivéssemos juntos eles dois nem teriam motivos para conversarem, quanto menos para discutirem no meio da rua e levar o meu homem para um hospital.
Respirei fundo, coloquei a mão na maçaneta e entrei. Fechei a porta atrás de mim sem que nem por um segundo eu tirasse os olhos de Joe. Estava dormindo, com tubinhos nas narinas para respirar. Rosto e braços machucados... estava acabando comigo ver aquela cena.
Andei até ele e segurei sua mão, estava fria. Olhei no monitor que media os batimentos cardíacos e eles variavam entre 80 e 90 batimentos. Normal? Lhe dei um beijo na testa e ele apertou mais minha mão, aí sim eu comecei a chorar pra valer...
Demi of.

Joe – Demi? – disse numa voz sonolenta, porém parecia bem.
Demi – Hey Joe.. – disse secando as lágrimas. – Se sente bem?
Joe – Agora sim... – coçou os olhos. – Porque está chorando Demi? Eu estou bem! Só cansado...
Demi – Tá todo mundo preocupado com você. – Joe sorri e Demi faz carinho em seu rosto.
Joe – Imagina... nem lembro mais o que aconteceu direito.

Demi – Você e o Trace discutiram numa esquina, ele te empurrou pra rua e...
Joe – Shhhh...

Demi – Está bem mesmo? – apertou um botão no meio de todos aqueles fios em volta da cama para avisar alguma enfermeira que viesse ao quarto.

Joe – Vou ficar só se ganhar um beijo. – Demi abaixou e lhe deu em selinho.

Paul – Joe? – disse entrando no quarto e falando baixo.
Joe – revirou os olhos - Oi pai.

Demi – Vou deixá-los a sós. – disse saindo do quarto, antes jogou um beijo para Joe. – Droga. – se encostou na parede do lado de fora.

Denise – Deveria ser você no lugar dele! – desse indo em direção a Demi, falando baixo.
Demi – O que?
Denise – Você deveria estar se sentindo culpada por Joe estar nessa situação.
Demi – Olha... (interrompida)

Denise – Eu já sei de toda essa história de Trace e o que ele quer com você, principalmente depois que você e Joe infelizmente começaram a namorar. A culpa disso tudo é sua Demetria...

Demi – Tá falando sério? Olha, odeio concordar mas eu me sinto sim culpada, e queria sim estar no lugar dele agora. Acha que é fácil pra mim vê-lo naquele estado? Faria isso porque eu o amo e sei que ele também me ama por ter feito aquilo. Denise, nem tente porque você não vai conseguir destruir o que eu e Joe temos.

Denise – Acha que não? Sou mãe dele, Demetria.
Demi – Quem disse que isso importa? Odeio ver Joe brigando ou discutindo com você por minha causa, mas as vezes ele não liga e acho que você deveria aprender a entender o que o seu filho quer.
Denise – Mas acima de tudo eu vejo o que ele merece... – pisca e entra no quarto de Joe.

Demi – Ridícula. – fala pra si mesma e volta para a sala de espera.

Dianna – Vamos Demi?
Demi – O QUE? Não mesmo! Não saio daqui até ter certeza absoluta de que ele esta bem.
Sel – Já disseram que ele está Demi.
Dianna – Demi, daqui a pouco o horário de visitas acaba e somos expulsos daqui... já disseram que ele vai ficar. Bem.
Nick – Eu te levo pra casa Demi, e outra, Maddie tá sozinha em casa esqueceu?
Demi – Ok, você não mãe?
Dianna – Vou ficar aqui com Denise,conheço gente por aqui e posso fazer com que levem Joe para um hospital melhor que este.
Demi – Ok, Sel..
Sel – Fico com você Demi...

(...)

Sel – Porque será que Trace foi falar com Joe?

Demi – Eu não faço a mínima ideia! MADISON!!!! – disse gritando da escada e depois jogando sua bolsa no sofá.
Maddie – DEMI! – desceu as escadas correndo e pulou no colo dela. – Porque me deixaram sozinha?
Sel – Estávamos no hospital...
Demi – Sel, não fala nada ainda. – colocou Maddie no sofá e se sentou do lado dela.
Maddie – É alguma coisa com o JJ não é?
Demi – Como sabe?
Maddie – Pra ter saído tão afobada de casa eu ficaria surpresa se não fosse por ele!
Demi – Você tem mesmo só 9 anos de idade? – perguntou surpresa. – É com ele sim, mas ele vai ficar bem. Eu espero...
Sel – Ele vai sim!
Demi – Obrigada por estar aqui Selena...
Sel – Amiga pra todas as horas... – sorri.

Maddie – Mas o que aconteceu?
Sel – Ele tava falando com um cara na rua e um caminhão desgovernado invadiu a calçada e bateu no Joe. Mas ele tá bem.
Demi – Ok, não foi bem isso mas foi quase. Agora sobe Mad, tenho que falar com a Sel.
Maddie – Ok. – beijou o rosto de Demi e subiu.

Demi – Você não sabe o que a Denise disse pra mim...


Eu disse que ia ser curtinho mas pelo menos postei rápido.
94 seguidores, awn <3

Acho que eu não tenho nada pra falar '-' ok...

Marquem "oi eu li" e comenteeem!

Amo vocês!
Beijemi :*

8 comentários:

  1. Denise .. que filha da .... kkkkk nossa coitada da demi posta logo

    ResponderExcluir
  2. essa denise que odio
    dela ave maria
    deus que me livre
    a demi não merecia
    ter uma sogra como essa !
    posta logo linda
    até logo
    bjs !!

    ResponderExcluir
  3. Ameeei *_* Que lindo o Joe com a Demz >.< Que denise bitch é essa kkkkkkkkkkkkkkkk

    Amei posta logoo ! E que foto secsi é essa eein Demiis

    Joe Pira :P

    ResponderExcluir
  4. Linda, poderia divulgar meu blog por favor, ele é novo e tal, enfim, agradeceria muito se fizesse isso por mim. Bjs

    ResponderExcluir
  5. posta,posta,posta..a Denise é osso né?aff véia chata#brinqus tia Dê..#posta mas rápido possível belê,quero cap hot.kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. AAAAAAAAAAAAAAAAH EU JA SABIA O QUE IA ACONTECER. LA LA LA LA LA
    Mas enfim.. Nao gosto da tia De nessa sua historia


    EMILIA CADE VC NO SKYPE. TWITTER..?
    Posta logo biti!
    Te amo <3

    ResponderExcluir
  7. Perfeito Nova Seguidora.....
    divulga o meu blog?
    http://tudoqueeumaisqueroevoce.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir