quarta-feira, 4 de julho de 2012

Capítulo 14 – To achando que o nome dessa doença é amor.

Demi on:

Não queria ficar em um jantar com esse povo. Isso tá um saco.
Em pouco tempo descobri que a mãe do Joe trabalha com a minha. Isso dá ais contato com as duas, que me dá mais contato com os Jonas, que me dá mais contato com o Jonas que eu to querendo afastar e colocando tudo isso numa panela grande sai o resultado de uma bela Demi frita.
Bom, até agora está tudo bem... estamos conversando sobre trabalho e tal. Estamos? Não, eu estou quieta. Quero ver quando resolverem conversar sobre namoros.

Dianna – E então, Joseph. – fodeeeeeu.
Joe – Sim?
Dianna – Gostando de morar aqui? – esse papo não vai longe...
Joe – Eu me acostumo...

Paul – É saudade das namoradas que ele tinha.
Joe – Pra falar a verdade eu estou meio ligado com uma garota agora. – ele olhou pra mim.
Demi – Isso, na Miley. Ele tá com a Miley, uma nojentinha lá da escola.
Denise – Não sei onde esse menino para... Demi é uma boa garota, deveria namorar garotas como ela, filho. – PUTA MERDA, TINHAM QUE ME METER NO MEIO. Selena e Nick começaram a segurar a risada.

Demi – Não, por favor dona Denise, não em coloque no meio disto. – dei um chute na Selena por baixo da mesa.
Sel – Ai! – começou a rir me fazendo querer rir também.
Joe – Pra falar a verdade, é alguém com uma personalidade forte, lembra a Demi.
Demi – Se estiver me comparando a Miley, eu chuto onde dói. – ok, todo mundo riu.
Joe – Nunca te compararia a Miley, Demi.
Demi – Que bom.

Sel – Só eu to notando um clima estranho aqui?
Logan – Vish......
Demi – Shiu!
Denise – E você Demi, namora?
Demi – Não...
Sel – Mas gosta de um garoto muito gato.
Demi – Talvez...
Dianna – É o garoto da tatuagem. – arregalou os olhos. – É ELE, FILHA?
Demi – É mãe...
Joe – Agora esse papo tá ficando bom!

Sel – Mentira que a sua mãe sabe pra quem é a droga do coração e eu não sei. Tia Dianna, vou levar um papo sério com a senhora depois.
Demi – Caramba, você é lerda hein?
Logan – Convivência contigo, só pode.
Demi – Cala-te.
Sel – Espera. Cara, gatinho, tá a fim... – ela sorriu e se levantou surpresa. – A TATUAGEM É PRO... (interrompida).

Demi – me levantei. – É, é sim. E cala a boca por que se você falar, o meu biquinho com você vai ser eterno!
Sel – NÃO ACREDITO. Tu é muito idiota.
Denise – Tatuagem? Quantos anos você tem?
Demi – 16.
Mandy – Não tatuou o nome do garoto não, né?
Demi – Não é o nome, é um coração. Só simboliza. Tem escrito “You make me beautiful” na minha costela, um coração encima e duas penas embaixo. – me sentei.
Sel – As penas “simbolizam” eu e a Taylor. O coração é pro... – se sentou de novo.
Demi – Cala.a sua.boca. – disse pausadamente.

Sel – Eu não vou falar, mais ainda não acredito que é pra ele. – olhou pro Joe que sorriu.
Joe – Já sei pra quem é.
Semi – NÃO SABE. – eu me arriscaria colocar qualquer nome do meio pra acabar com isso.
Nick – Continua que o papo tá bom. – riu e eu revirei os olhos.
Joe – Não vou tirar nenhuma conclusão ainda. Mas tenho uma ideia de quem seja. – revirei os olhos, daqui a pouco eles pulam da minha cara.

Nick – E é agora que o Joe não dorme mais de noite. Eu deveria ter apostado uma grana por isso. – eu e Selena rimos.
Joe – Não duvide! – eu me apavorei.
Paul – Vai entender esses adolescentes de hoje.
Dianna – Crianças, arrumem a mesa pra gente.
Logan – Claro. – as “crianças” se levantaram. Odeio quando minha mãe nos chama de crianças. – Mas eu to estranham uma coisa.

Dianna – O que?
Logan – Demi e Joe estão se falando pouco. – Selena segurou tanto a risada que chegou a ficar vermelha. – Brigaram crianças?
Demi – Logan, fica na sua valeu?

Os adultos foram pra sala e eu e Logan levamos a louça até a cozinha.

Demi – Você, vê se dorme de olho aberto hoje. – disse malignamente.

...

Ficaram conversando dentro de casa e eu fui pros fundos tocar violão. Tava tentando acabar uma musica.

Demi of.

Denise – Que som é esse?
Frankie – Tá vindo lá de fora.
Sel – A Demi que escasquetou de ficar compondo musicas.
Maddie – Shiu Selena, minha irmã é muito talentosa.
Sel – Vou lá encher ela.

Demi on:

We can't stop the world
But there's so much more that we could do
You can't stop this girl
From falling more in love with you

Demi – É... ela não pode. – tossi, acho que estou ficando doente.
Sel – Hey. – se sentou do meu lado.
Demi – Oi. Tava chato o papo lá dentro?
Sel – Te ouvi cantando...
Demi – Veio pedir pra eu parar por que tava machucando seus ouvidos?
Sel – Idiota, sabe que eu acho sua voz linda. – olhou pro violão no meu colo. – Eu nunca vou aprender a tocar essa meda.
Demi – eu ri. – Idiota. Acha que a primeira vez que eu peguei num violão eu já sai tocando?
Sel – O problema é que você me ensina isso a um mês e eu não aprendo.
Demi – É a pratica, você não treina.
Sel – Sou tapada, esse é o problema.
Demi – Meus problemas são mais sérios e tocar violão não é difícil.

Sel – Briga comigo se eu mudar de assunto?
Demi – Depende... mudar pra qual assunto.
Sel – Joe.
Demi – Selena... – reclamei.
Sel – Uma hora você vai ter que falar com ele.
Demi – Mas eu não quero.
Sel – Miley me disse o que aconteceu direito no jardim. Ela disse que ele falou na cara dela que você é única pra ele depois que você saiu. O Joe pode até ser  pegador mas quando ele gosta de alguma menina ele respeita. E eu são só digo isso por que ele é meu primo, sabe que você é minha melhor amiga e eu te amo e te defenderia em tudo até se fosse mentira, me acredita nele.
Demi – Se ele respeitasse mesmo estaria daquele jeito com a vadia?
Sel – Ela também me disse que foi ela que puxou ele pra lá. Melhor fazer alguma coisa por que ele ta vindo. – era riu, se levantou e o mala do Joseph se sentou do meu outro lado.

Joe – Você vai me ouvir.
Demi – Oi Joe, também estou bem obrigada por perguntar. – sorri sínica. – Não preciso e nem vou te ouvir.
Joe – Ciúmes é?
Demi – Por que estaria?
Joe – Não tá querendo falar comigo por que me viu com uma outra menina.
Demi – Mas é um anta mesmo... não Joseph, não estou com ciúmes. Chatiação e ciúmes são duas coisas diferentes. E eu estou CAHTEADA com você.
Joe – Por que? – ele tá brincando com a minha cara né? – Por que se a culpa não foi minha? Se eu tentei falar antes com você é por que eu me importo com o que eu fiz ontem a noite.
Demi – Ahan, é fácil pedir desculpas pelas burradas que fazer. Vai fazer de novo em 5 minutos.
Joe – Tá falando da Miley? Ela que me puxou pra lá.

Demi – É ahan. – ouvimos um barulhão da rua, um pouquinho mais alto e eu dava um pulo. – O QUE FOI ISSO? – disse com a mão no peito e ouvi um grito da Maddie. – AI MEU DEUS. – voltei correndo pra dentro de casa junto com Joe. – O que foi isso?

Maddie – Um tiro!
Demi – levantei uma sobrancelha. – Hã?
Sel – É serio.
Dianna – Parece que é assalto. Tem umas viaturas paradas em frente a casa da Lily.

Demi – LILY? Ai meu Deus!
Paul – Melhor esperarmos isso acabar para irmos.
Nick – Lógico né? – houve mais um tiro.
Demi – CREDO. Olha eu vou subir, to com medo disso. – subi uns três degraus da escada e minha mãe abre a boca, mãe, não te amo mais.

Dianna – Sobe com ela. – disse pra Joe num sussurro mais eu ouvi.
Demi – Não precisa. – e subi.

Fiquei vendo da janela no meu quarto tudo o que acontecia na rua. Eu só espero que a Lily esteja bem. Ela foi a primeira amizade que eu conquistei desde que me mudei pra cá e eu realmente me importo muito com ela. Minha vida acaba se acontecer algo com ela.

Joe – Tudo bem?
Demi – Claro, só estou preocupada. – ele veio até mim na janela. Outro tiro. Por puro impulso eu segurei na camisa dele e apertei. Foi o susto.
Joe – Calma. – ele riu e segurou na minha mão.
Demi – Tô preocupada.
Joe – Vai ficar tudo bem. – mais um pouquinho e eu juro que chorava.
Demi – Esse lugar ta ficando muito perigoso. – eu cheguei mais perto dele, O QUE QUE EU TENHO NA CABEÇA? Ainda olhávamos pela janela.
Joe – Calma pequena, não vai acontecer nada de ruim. – me abraçou e fez carinho no meu cabelo
Demi – Eu espero. – escondi meu rosto em seu peito. To achando que o nome dessa doença é amor.


Porra, me matem. Demorei uma vida pra postar e quando posto é essa merda. Me matem, sério gente.
Até eu to surpreendida com a drogda que iss tá, psé...
Desculpa gente :c

Beijemi :*

Divulgação: http://fanfiction-mania.blogspot.com.br/ é uma parceria, participo dela :3 leiam!

20 comentários:

  1. QUE MERDA NENHUMA...
    SE VC FALAR DE NOVO NO TWITTER QUE VC VAI EXCLUIR A FIC, EU JURO QUE TE COMO AINDA VIVA
    Own... *-* Demi e Joe sentados numa janela (?)
    posta logo
    beijinhos :*

    ResponderExcluir
  2. OMG EU GOSTEI FIKO LEGAL,POSTA QUANDO PUDER

    ResponderExcluir
  3. Ta muito perfeito
    Posta Logooooooooooooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  4. AI MEU DEUS, POR FAVOR POSTA LOGOOOOOOOOOO
    VO MORREER AQUI, SERIO

    ResponderExcluir
  5. O coração é pro Joe né? Claro que é
    Pode postar mas não demorar muito? Por favor? *-*

    ResponderExcluir
  6. OMG !! esse coraçao e pro joe né ? kkkkPOsta logo

    ResponderExcluir
  7. ei, o capítulo tá legal sim ok?! u.u

    eu só acho que o coração é pro Joe :D
    e minha raiva mortal da Miley passou... pq pelo menos ela contou pra Selena tudo... u.u
    e esse "tiroteio cupido"... hahaha... amei!!
    posta logooo... ^^
    bjos =**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tiroteio cupido? eu ri kk

      Posto quando der, beijin :*

      Excluir