sábado, 2 de junho de 2012

Capitulo 127 – “Minha garota” (MARATONA 3/5)

#6:55am

Semi – Bom dia!
Mi + Ash + Tess – Bom dia!

Mi – Troca o Joe por balinha Demi?
Demi –Aaah, nem comenta.
Mi – Af velho, já brigaram?
Demi – Esse negocio chato de ciúmes do Joe.
Mi – É, a família Jonas puxou esse lado ciumento...

Alguém chega por trás da Miley e cobre seus olhos.

Mi – Han... eu sei que é você, Nicholas!
Nick – Bom dia lindinha. – beijinho na bochecha.
Mi – Bom dia. – sorriu envergonhada.

Demi – vê Joe se aproximando do grupo. – Gente, vou tomar um café pra ver se acordo. – joga beijo e sai.

Joe – Ei, ninguém dá bala pra Demetria hoje ok? – se juntou no grupo assim que ela saiu.
Sel – Cê viu aquilo?
Joe – Vi. Ela tá ficando fresca demais. Sabe de alguma coisa que eu não sei? Ela tá estranha...
Mi – Não é por nada não Joe, mas pra mim ela tá normal.

Demi on:
Comprei um café e fui pro meu armário amarrotar as coisas ali dentro como eu sempre faço. Assim que eu abri caiu um bilhete/carta/declaração estupidamente ridícula assinada por um admirador secreto.

Você é meu sol, meu motivo de viver. Você é a estrela mais bonita do meu céu.
Perto de ti, me sinto forte.
Eu não preciso de mil motivos pra sorrir, co você já é o suficiente.
Eu quero você comigo, que poder te abraçar e estar ao teu lado em todos os momentos. Te dar longos beijos e poder cuidar de você.
Quero te ajudar a realizar teus sonhos por que eu te amo.”

- MAS QUE MERDA É ESSA? Que tipo de pessoa sem miolos na cabeça fala “ti”? ALÔOOO, ESTAMOS NOS SÉCULO 21!

- Eu não suporto esse tipo de cartinha chata falando que me ama e ainda mais sendo por um tal “admirador secreto”.

- Não, não foi o Joe. Ele sabe que esse tipo de coisa me irrita. Será que ele fez isso só pra irritar? Sei lá, acho que ele nem sabe onde colocar a palavra “ti” numa fraze ‘-‘ e outra que a letra não é dele.
Aah, eu juro que mato quem me mandou isso!

Amarrotei minhas coisas e fui pra aula.
Demi of.

Demi – Nenhum professor ainda?
Mi + Sel – Não.
Demi – Ah, ainda bem. Vocês não tem noção da coisa estúpida que me mandaram.

Deu a carta a Selena e Joe pegou da mão dela e leu em silencio, enquanto Demi o olhava séria de braços cruzados.

Demi – Você me mandou isso?
Joe – Não, e juro que mato quem te mandou isso!

Prof° entra – Sentem-se!

#9:30am (intervalo)

@ddlovato: Hello Beautiful CARAMBA, ISSO NÃO SAI DA MINHA CABEÇA!
@ddlovato: Sinto que essa musica está incompleta. Queria tanto ouvir o resto... :(

Demi on:
Eu estava com a Miley sentada encima de uma das mesas que fica no pátio ao ar livre.
Demi of.

Mi – Isso aqui tá começando a ficar muito chato.
Demi – O que?
Mi – A vida!
Demi – O que tá faltando?
Mi – Barracos! – Demi ri.
Demi – Minha vida está prestes a virar um barraco!
Mi – Ah, descobriu de quem é a carta?
Demi – Não e nem quero saber. Coisa ridícula, mais uma pedra no meu relacionamento com o Joe!
Mi – Ainda não entendi por que brigaram.
Demi – Ah, é esse coiso chato de ciúmes dele. As vezes dá vontade de mandar ele para aquele lugar e abraçar todos os meninos dessa escola pra ele ver que eu não estou presa a ninguém!
Mi – Revoltada com a vida você, hein Demetria?
Demi – To com sono, falo qualquer merda. – ela pegou o papel que estava em seu bolso e rasgou. – Espero que só me venha esta carta.
Mi – Vish, começou com 1 cartinha. Daqui a pouco seu armário despenca com tanta dedicação de amor e pessoas mandando flores e chocolate pra você anonimamente.
Demi – Joga praga pra cima de mim não Miles, por favor!
Mi – O José tá vindo pra cá...
Demi – Que jo.... ah.

Joe – Hey. – parou na frente da Demi.

Mi – É uma merda ver vocês dois assim sabia? Conversem. – se levanta de cima da mesa onde Joe se senta.
Demi – Mi... – revira os olhos.

Joe – Só to valendo uma bala, Dem?
Demi – Não me chama de Dem. – diz manhosa abaixando a cabeça

Joe – Chamo. Chamo sim por que eu sei que você fica toda manhosa quando eu te chamo assim. Eu não quero que fique brava comigo. – fez ela levantar a cabeça delicadamente.

Demi – Não ficar brava com você? Como? Você anda com ciúmes de qualquer um agora.

Joe – Como você disse, eu voltei um chato. – os dois riram. – Não dá pra ter ciúmes de você Demi. Você é linda, engraçada, brincalhona, canta bem, é inteligente, tem um sorriso radiante, tem um corpo lindo... tem tudo que um homem quer. É só o que os caras querem agora, mas eu não.

Demi – Você falando assim eu fico parecendo uma vadia que todos querem pegar.

Joe – Alguns caras enxergam assim. Não veem a garota incrível que tem por “baixo” desse corpo. A garota sensível, engraçada que todos gostam de acompanhar de alguma maneira. Essa garota é a minha garota.

Demi – Exatamente, SUA garota. Sou sua, Joseph. Não precisa ter ciúmes de qualquer outro.
Joe – Desculpa tá? Eu vou tentar me controlar daqui pra frente.
Demi – Tá... obrigada.
Joe – Só não esquece tá? Minha garota. – deu um beijo na bochecha dela e saiu.

Demi on:
Eu fiquei pensando em tudo que ele me disse o resto da manha toda.
Voltei pra casa um pouco mais cedo. Geralmente eu fico enrolando até dar 12:30pm ou alguma coisa assim, mas hoje eu fui direto pra casa.
Cheguei, tomei um banho, almocei e logo depois me joguei na cama
Demi of.

Dallas – O que se passa na cabecinha da minha irmã linda feat. chata? – entrou e fechou a porta.
Demi – Sono, sono, sono, sono, sono, sono e como eu amo minha irmã mais velha.
Dallas – Ok, abre o jogo. O que tu quer?
Demi – Como assim? – tirou o rosto do travesseiro.
Dallas – Sempre que diz que me ama quer alguma coisa.
Demi – Mentira!
Dallas – Sei... – se sentou na cama e Demi deitou em suas pernas. – E então, como vai a vida?
Demi – Boa, eu acho. E a sua?
Dallas – Perfeita.
Demi – Tá mesmo dando uns pega no cara?
Dallas – Ei, eu sou a irmã mais velha aqui. Eu encho o saco com perguntas pessoais ok?
Demi – Tá bom, desculpa aê.

Dallas – Milagre que você não tá com o Joe. – fazia carinho no cabelo da Demi.
Demi – Sabia que todo esse carinho e papo ia nos levar a ele.
Dallas – Para de ser chata Demi! Sério, você nunca me conta nada. Ai eu imagino o que você deve achar de mim: “Nossa, minha irmã mais velha é uma chata. Até parece que vou ficar ai falando da minha vida pra ela.”
Demi – Para de drama, Dallas! Não é que eu não goste de contar a coisa pra você, é que eu não tenho tempo. Momentos que ficamos assim juntas é raro!

Dallas – Ok, então conta. Por que não tá com o senhor sedução agora?
Demi – Vai mesmo ficar dando descaradamente encima do meu namorado? Não pense que só por que você é minha irmã eu não sinta ciúmes.
Dallas – Desculpa poxa, mas não é só por que ele é teu namorado que eu vou deixar de comentar que aquele menino é um sonho. Tá, mas eu calo a boca agora. Só responde o que eu te perguntei...

Demi – Sei lá, velho. – escondeu o rosto com as mãos, Dallas a puxou.
Dallas – Brigaram?
Demi - Não exatamente. Sei lá, não estamos brigados. Estamos bem. Hum... tá de babá do Frankie, fiz o Nick matar a saudade da Miley.
Dallas – Voltaram?
Demi – Sim.

O celular da Demi toca.

---------- Ligação --------
Demi – Alô?
Joe – Esqueceu como vê a telinha com o identificador de chamada?
Demi – Tô meio noiada, morrendo de sono.
Joe – Tava tentando dormir, te acordei?
Demi – Não, tava tendo um papo chato com a chata da Dallas. Agradeço por ter interrompido. – ri.
Joe – Por nada, mas não liguei por nada muito sério. Só queria ouvir sua voz.
Demi – AAAAAAAAAAAAwn bebê. Não dá pra gente ficar um pouquinho junto?

Dallas – MAIS?
Demi – Cala a boca Dallas!

Joe – ri – Desculpa pequena, tenho que tomar conta do Frankie, esqueceu?
Demi – Ah, é mesmo...
Joe – Mas a gente pode sair pra passear mais tarde, o que acha?
Demi – Eu topo! – sorri.
Joe – ri – Ok, então depois eu te ligo pra gente combinar alguma coisa. Agora tenho eu desligar gatinha.
Demi – Hum... tá bom. Beijinhos.
Joe – Ei, te amo muito tá? Beijo.
Demi – Também te amo.
----------- fim da ligação -----------

Dallas – O que ele queria?
Demi – Disse que só ligou pra ouvir minha voz. AAAAAAAWN *-*
Dallas – Ai Demi... – ri.
Demi – Ele é um fofo.
Dallas – Por que perguntou se dava pra ficar mais um tempinho juntos?
Demi – Saudade – fez bico triste.
Dallas – Você passou a noite de domingo pra sábado inteira com ele que alias eu quero saber o que rolou, segunda e hoje no colégio. Dá tempo de sentir saudades?
Demi – Dá. Depois que a gente se apega é difícil largar. E você não precisa saber de nada que rolou.
Dallas – ROLOU SURUBA! – gritou.
Demi – Isso, faz escândalo! Não rolou nada que te interesse.
Dallas – Rolou sim porque eu estou interessada em saber o que rolou e o motivo dessa marca no pescoço.
Demi – É bom ser tão intrometida assim?
Dallas – Na SUA vida é.
Demi – Enfim... melhor eu não contar tantos detalhes assim. Na próxima eu te chamo pra você ver, ou a gente filma.
Dallas – Eu passo. (I pass u.u desculpa, não resisti!)
---------- continua ---------

Eu nem ia postar isso agora, mas uma galera do twitter pediu então eu postei :3
3° capítulo da maratona


P.S.: Quem escreveu a carta foi um amigo meu, Matheus Curi. A ideia de colocar a carta na fic foi outra amiga minha, Elis Cristina. O papo entre a Demi e a Dallas tive uma ajudinha da minha linda Bianca Marcelinho (@GlitterDaGaga)

10 comentários:

  1. ALELUIAAAAAAA...
    que perfeito
    posta logo
    ta MARA.... =D
    Posta logo

    ResponderExcluir
  2. awn *.* lindo o Joe dizendo: "Minha Garota!" *---------------*
    espero que esse passeio faça a Demi ficar melhor com o namoro deles!! =) amei, vai postar ainda hj?? bjinhos =**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez... haha
      não sei se posto hoje :(
      Beijemi :*

      Excluir
  3. AAAAAAAHH pensei q tinha esquecido da gente , brincadeira , tá
    perfeito . Quem sera q mandou a carta, to curiosa ,mas eu acho q sei
    quem é haha kkk. Posta logo por favor *-*

    ResponderExcluir
  4. haa ta perfeitoo tipo eu to lendoo isso a 3 dias sem parar e ja cheguei aki opaaa

    ResponderExcluir